Os dez melhores filmes que não vieram

André Simões, no site do jornal O Diário de Maringá, listou dez filmes que você só encontra nas locadoras - não entraram no circuíto dos cinemas brasileiros. Gostei demais do O Segredo dos Seus Olhos, O Escritor Fantasma e Scott Pilgrim. Os demais vou assistir.


"O Segredo dos Seus Olhos", de Juan José Campanella – Longa argentino dirigido por Juan José Campanella indicado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro.


"5 x Vezes Favela - Agora Por Nós Mesmos", direção coletiva – Filme dirigido por jovens cineastas moradores de favelas do Rio de Janeiro.


"Sede de Sangue", de Park Chan-wook – Filme sul-coreano vencedor do Prêmio Especial de Juri no Festival de Cannes em 2009.



"Os Inquilinos – Os Incomodados que Se Mudem" , de Sérgio Bianchi – "Os Inquilinos" é uma crítica de Sérgio Bianchi à intolerância.


"Viajo Porque Preciso, Volto Porque te Amo", de Karim Aïnouz e Marcelo Gomes – Roadie-movie em que o geólogo José Renato, que é apaixonado pela esposa, precisa fazer sozinho uma longa viagem pelo sertão nordestino.


"Baaria - A Porta do Vento", de Giuseppe Tornatore - Baaria é uma gíria siciliana para a região da Bagheria.


"A Estrada", de John Hillcoat – Adaptação ao romance de homônimo de Cormac McCarthy, premiado com o Pullitzer de 2007 e considerado um dos melhores livros da década.


"Scott Pilgrim Contra o Mundo", de Edgar Wright – Baseado nas histórias em quadrinhos do canadense Brian Lee, "Scott Pilgrim" impressiona, tanto por beirar o absurdo quanto por mostrar fortes traços e referências ao mundo pop.




"O Escritor Fantasma", de Roman Polanski.


"Tudo Pode Dar Certo", de Woody Allen – Após meia década longe de Nova York, Woody Allen volta à sua cidade natal. "Tudo Pode Dar Certo" é uma comédia ácida, exagerada e provocativa.

Postar um comentário